Abra sua conta

Produtos Estruturados

Soluções em derivativos

Produtos Estruturados são instrumentos financeiros compostos por um ou mais derivativos com objetivo de investimento ou hedge. Através desses instrumentos, um investidor consegue traduzir um viés de mercado, ou suprir uma necessidade econômica, de forma eficiente e customizada.

Produtos Estruturados na XP Investimentos

A XP Investimentos conta hoje com a maior mesa de derivativos para o varejo do Brasil, levando até o investidor brasileiro soluções de investimento complexas e customizadas, antes restritas a grandes fortunas e instituições financeiras internacionais.

  • Média de R$ 100 milhões operados/dias (notional)
  • Profissionais com extensa experiência no mercado financeiro
  • Número médio de boletas/dia: 150
  • Número de cotações/dia: 1500
  • Principal protegido, maximização de ganho, diversificação, acesso a mercados globais, hedge

Quando investir?

Por sua flexibilidade e customização, Produtos Estruturados podem ser utilizados em qualquer ambiente ou momento de mercado. Suas aplicações são para fins de hedge ou de investimento.

Para quem é indicado

De acordo com a política de Suitability da XP Investimentos, Produtos Estruturados são considerados complexos e são destinados exclusivamente a investidores com perfil agressivo.

Quais são os riscos de investir em Produtos Estruturados?

Produtos Estruturados possuem riscos específicos de acordo com a estrutura escolhida, como por exemplo, principal garantido, perda limitada e perda ilimitada. Consulte os riscos inerentes a cada estrutura na lâmina do produto.

Exemplos de instrumentos utilizados

  • Opções: direitos de compra e venda de um ativo (ações, índices, moedas, juros e commodities agrícolas)
  • Operações de capital protegido
  • NDF (ou termo de moeda): proteção contra oscilações cambiais
  • Swaps: instrumento financeiro de troca de indexadores (juros, índices e moedas)

Soluções

Produtos Estruturados permitem aos investidores maximizar os retornos de sua carteira, e adequá-las à sua tolerância a perdas e objetivos de rentabilidade. São ainda importantes ferramentas no planejamento financeiro para famílias com grande patrimônio, que necessitam de soluções complexas de investimento com acesso local e internacional, de forma personalizada. Sua utilização pode se dar, por exemplo, com o objetivo de hedge para investimentos em outras moedas, proteção para carteiras de ações, e exposição a temas globais de investimento (ouro, por exemplo).

Empresas de diferentes portes e setores utilizam produtos derivativos no mundo inteiro, normalmente para fins de proteção. As principais soluções em derivativos para empresa são NDFs e swaps. Através da NDF, empresas podem fazer um hedge perfeito para suas exposições cambiais. Os swaps possibilitam às empresas adequarem os indexadores de seus passivos e ativos, em alguns casos, sem desembolso financeiro. Dessa maneira, por exemplo, uma empresa com uma dívida atrelada ao IPCA mas receitas em dólares, pode trocar o indexador de suas receitas para dólar. Além disso, Produtos Estruturados podem ser utilizados como uma forma colateralizada de financiamento barato e flexível para empresas.

Estratégias disponíveis

Participação dobrada na alta do ativo

Booster

O Booster é uma estrutura utilizada para dobrar a participação na alta de um ativo, porém com um limitador de lucro máximo. Na queda do ativo, o investidor participa normalmente da variação negativa do ativo.

Clique aqui para visualizar

Troca de indexadores

Swap

O Swap é a operação pela qual o investidor troca a rentabilidade de um indexador por outro, assumindo duas posições – comprada em um indexador e vendida em outro.

Clique aqui para visualizar

Participação na alta do ativo com proteção

Compra de Collar com ativo

O Collar é uma estrutura utilizada como defesa para o investidor que já possui um ativo, ou deseja comprá-lo com proteção. Nessa estrutura, o investidor garante uma proteção da posição, limitando, porém, seu ganho máximo na ação.

Clique aqui para visualizar

Participação na alta com proteção parcial

Fence

A Fence é uma estrutura utilizada como proteção para o investidor que já possui um ativo, ou deseja comprá-lo com proteção. Nessa estrutura, o investidor garante uma defesa parcial da posição, geralmente a custo zero. Em troca da proteção, no entanto, o investidor tem o ganho máximo do ativo limitado a um determinado nível de preço.

Clique aqui para visualizar

Proteção com ganho mínimo

Step-up

A Step-up é uma estrutura semelhante à fence, utilizada como proteção parcial para o investidor que já possui um ativo ou deseja comprá-lo, propiciando ainda um ganho um ganho mínimo caso o ativo não tenha a valorização esperada. Nessa estrutura, o investidor garante uma defesa parcial da posição, com a contrapartida de seu ganho máximo ficar limitado a um determinado nível de preço.

Clique aqui para visualizar

Ganho com ativos lateralizados

Compra de Condor e venda de Strangle com hedge

A compra de condor com venda de strangle é uma estratégia utilizada para se beneficiar de um cenário no qual se atribua baixa probabilidade de grandes variações do preço de um ativo em um determinado período. Nessa estrutura, o investidor recebe um prêmio caso o ativo se encontre dentro de um intervalo predeterminado de preço no vencimento da operação. Haverá perdas se o ativo objeto estiver fora do intervalo do Strangle, limitadas por um hedge parcial.

Clique aqui para visualizar
Compra de Condor com Venda de Strangle

A compra de condor com venda de strangle é uma estratégia utilizada para se beneficiar de um cenário no qual se atribua baixa probabilidade de grandes variações do preço de um ativo em um determinado período. Nessa estrutura, o investidor recebe um prêmio caso o ativo se encontre dentro de um intervalo predeterminado de preço no vencimento da operação. Haverá perdas ilimitadas se o ativo objeto estiver fora do intervalo do Strangle.

Clique aqui para visualizar
Venda de Straddle

A venda de um Straddle é uma estratégia alavancada, de ganho limitado e prejuízo ilimitado, na qual um investidor vende opções de compra e de venda de um ativo, com o mesmo strike e vencimento. Geralmente é utilizada por investidores com expectativa de mercado lateralizado, ao qual se atribua pouca probabilidade de movimentos intensos, de alta ou de baixa, em relação a um determinado ponto.

Clique aqui para visualizar

Ganho com ativo dentro de um intervalo de preço

Compra de Condor

A compra de Condor é uma estratégia utilizada para se beneficiar de um cenário ao qual se atribua alta probabilidade de que o ativo objeto esteja dentro de um determinado intervalo de preço no vencimento. Nessa estratégia, o investidor tem um desembolso inicial para a compra da estrutura e, caso no vencimento o ativo objeto se encontre no intervalo estabelecido, recebe de volta o valor investido mais um prêmio.

Clique aqui para visualizar
Compra de Borboleta (FLY)

A Borboleta (ou Fly) é uma estratégia utilizada para se beneficiar de um cenário ao qual se atribua alta probabilidade de que o ativo objeto esteja dentro de um determinado intervalo de preço no vencimento. Nessa estrutura, normalmente de curtíssimo prazo, o investidor tem um desembolso inicial relativamente baixo na entrada da operação e, caso no vencimento o ativo objeto se encontre no intervalo estabelecido, recebe de volta o valor investido mais um prêmio.

Clique aqui para visualizar

Participação na variação de preço do ativo

Compra de Straddle

A compra de Straddle é utilizada quando se acredita em movimentos intensos para um ativo, seja de alta ou de baixa. Nessa estrutura, o investidor faz um investimento inicial na compra de opções de compra e de venda de um ativo, de mesmo preço de exercício, com objetivo de obter ganhos após movimentos significativos no mercado.

Clique aqui para visualizar
Compra de Strangle

A compra de Strangle é utilizada quando se acredita em movimentos intensos para um ativo, seja de alta ou de queda. Nessa estrutura, o investidor faz um investimento inicial na compra de opções de compra e de venda de um ativo, com objetivo de obter ganhos após movimentos significativos no mercado ou, no vencimento, caso o ativo esteja acima ou abaixo dos pontos predeterminados.

Clique aqui para visualizar

Participação na alta do ativo

Risk Reversal

O Risk Reversal é uma estratégia utilizada para capturar a apreciação de um ativo, sem haver a necessidade da compra do mesmo, mas assumindo o risco de perdas na queda.

Clique aqui para visualizar
Compra de Call Spread

A estratégia de compra de um Call Spread, também chamada de "Trava de Alta", é utilizada com objetivo de participar da valorização do ativo objeto, sem haver a necessidade da compra do mesmo. Nessa estrutura o investidor desembolsa, na entrada da operação, um prêmio que consiste em seu risco máximo.

Clique aqui para visualizar

Participação na queda do ativo

Compra de Collar sem ativo

O Collar sem o ativo é uma estrutura utilizada por investidores que acreditam na queda do ativo-objeto, e que estão dispostos a assumir o risco de perda, em caso de alta do mesmo. Nesta estratégia, o investidor garante ganhos abaixo de um ponto determinado, e sua perda começa a partir de um ponto mais alto, de forma ilimitada.

Clique aqui para visualizar
Compra de Put Spread

A estratégia de compra de um Put Spread, também chamada de "Trava de Baixa", é utilizada com quando o investidor espera uma queda moderada do ativo objeto, e espera participar com ganho da queda. Nessa estrutura, o investidor desembolsa, na entrada da operação, um prêmio que consiste em seu risco máximo. Também é utilizada como proteção de carteira.

Clique aqui para visualizar
Fence sem o ativo

A Fence sem o ativo é uma estrutura utilizada por investidores que acreditam na queda do ativo-objeto, e que estão dispostos a assumir o risco de perda, em caso de alta do mesmo. Nesta estratégia, o investidor garante ganhos limitados na queda entre dois pontos determinados, e sua perda começa a partir de um ponto mais alto, de forma ilimitada.

Clique aqui para visualizar

Participação na variação de preço do ativo

Compra e venda de Opções (Calls e Puts)

Opções são instrumentos que conferem a seus titulares o direito de comprar (Call) ou vender (Put) um ativo em uma data futura por um preço predeterminado. Um investidor pode comprar ou vender Calls ou Puts para fins especulativos ou de hedge. Desconsiderando outros fatores que impactam a precificação das opções, Calls ficam mais caras à medida que o ativo base se valorize, enquanto Puts se beneficiam de um cenário de queda.

Clique aqui para visualizar

Participação na alta do ativo, com um certo nível de proteção, de maneira alavancada, sem desembolso de caixa.

Seagull

A Seagull é uma estrutura utilizada para participar da alta de um ativo, sem a necessidade de compra-lo e com um certo nível de proteção, se comparado à compra do ativo. Nessa estrutura, o investidor participa da valorização do ativo até um determinado nível de preço, assumindo perdas abaixo de um ponto estabelecido.

Clique aqui para visualizar

Participação na alta do ativo

Compra de Call Up and In

A compra de uma opção de compra (Call) tem o objetivo de gerar ganhos em caso de alta de um determinado ativo. A Call Up and In também possibilita ganhos na alta, porém apenas se o preço de Knock-in for atingido. Essa característica faz da Call Up and In mais barata do que uma Call tradicional.

Clique aqui para visualizar

Participação na alta moderada do ativo

Compra de Call Up and Out

A compra de uma opção de compra (Call) tem o objetivo de gerar ganhos em caso de alta de um determinado ativo. A Call Up and Out também possibilita ganhos na alta, porém, apenas até o preço de Knock-out. Essa característica faz da Call Up and Out mais barata do que uma Call tradicional.

Clique aqui para visualizar

Participação na queda do ativo

Compra de Put Down and In

A compra de uma opção de venda (Put) tem o objetivo de gerar ganhos em caso de queda de um determinado ativo. A Put Down and In também possibilita ganhos na queda, porém apenas se o preço de Knock-in for atingido. Essa característica faz da Put Down and In mais barata do que uma tradicional.

Clique aqui para visualizar

Participação na queda moderada do ativo

Compra de Put Down and Out

A compra de uma opção de venda (Put) tem o objetivo de gerar ganhos em caso de queda de um determinado ativo. A Put Down and Out também possibilita ganhos na queda, porém, desde que o preço de Knock-out não tenha sido atingido. Essa característica faz da Put Down and out mais barata do que uma put tradicional.

Clique aqui para visualizar

Termo de Moeda

NDF

NDF é um contrato a termo de moedas, negociado em mercado de balcão, cujo objetivo é fixar, antecipadamente, uma taxa de câmbio em uma data futura. No vencimento, a liquidação ocorre pela diferença entre a taxa a termo contratada e a taxa de mercado definida como referência.

Clique aqui para visualizar

Remuneração de carteira de Ações

Financiamento

O Financiamento é uma das estratégias mais tradicionais do mercado de renda variável. Ela consiste na venda coberta de uma opção de compra, com a finalidade de otimização da carteira, proteção parcial contra quedas e operações de taxa.

Clique aqui para visualizar

Ganho com ativos com viés de alta

Venda de Put Spread

A venda de Put Spread, também chamada de Trava de Alta, é uma estratégia utilizada para se beneficiar de um cenário de alta de um ativo, ou de pouca probabilidade de queda. Nessa estrutura, o investidor recebe um prêmio na entrada da operação na expectativa de que o ativo objeto se valorize, havendo perdas limitadas caso o ativo esteja abaixo de um determinado ponto.

Clique aqui para visualizar

Ganho com ativos com viés de baixa

Venda de Call Spread

A venda de Call Spread, também chamada de Trava de Baixa, é uma estratégia utilizada para se beneficiar de um cenário de queda, ou para proteger uma posição comprada no ativo objeto. Nessa estrutura, recebe-se um prêmio na entrada da operação, havendo perdas no vencimento caso o ativo objeto se encontre acima de determinado preço.

Clique aqui para visualizar

Disclaimer: Este material foi elaborado pela área de Produtos Estruturados da XP Investimentos CCTVM S/A ("XP Investimentos") e tem propósito meramente informativo. O conteúdo disponibilizado não deve ser entendido como análise, consultoria, sugestão de investimento, recomendação de compra e venda, oferta de produtos ou serviços, bem como propaganda e publicidade de produtos financeiros. As informações são válidas na data de sua publicação, qualquer informação contemplada neste material deve ser confirmada quanto às suas condições, previamente à conclusão de qualquer negócio. As informações disponibilizadas não refletem a opinião da XP Investimentos que, de igual forma, não se responsabiliza pela veracidade, exatidão e correção das informações. Os investidores devem buscar aconselhamento profissional com relação aos aspectos tributários, regulatório e outros que sejam relevantes à sua condição específica, sendo que o presente material não foi elaborado com esta finalidade. A rentabilidade prevista ou passada não é garantia de rentabilidade futura. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações aqui divulgadas. É expressamente recomendada a leitura do Regulamento, prospecto, edital e demais materiais de divulgação antes da decisão de investimento, com especial atenção aos fatores de risco. Os custos das operações e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Corretora: www.xpi.com.br. A XP Investimentos Corretora se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização das informações veiculadas ou de seu conteúdo. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações aqui veiculadas. As informações e declarações contidas neste material não podem ser reproduzidas ou redistribuídas para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito da XP Investimentos. Para reclamações, favor contatar a Ouvidoria XP Investimentos no telefone nº 0800-722-3710.

XP na Rede_

  • Bovespa
  • Toda comunicação através de rede mundial de computares está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

    Consulta de fatos relevantes nos últimos 5(cinco) dias úteis

  • Anbima - Fundos de Investimentos
  • Anbima - Ofertas Públicas
  • Anbima - Gestão de Patrimônio
  • Cetip
  • Execution Broker
  • Retail Broker
  • Agro Broker

*ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO